1.5.08

About Ronaldo (ou "Só para constar")

Sobre todas estas maledicências (hein?) que rolam por aí acerca do ídolo Ronaldo Nazário, só tenho um comentário pertinentíssimo a fazer. Quer dizer, a relatar. Estava em minha service room quando, da janela (que dá pro poço de luz), em meio ao volume ensurdecedor de uma rádio sintonizada em emissora bagaceira sertaneja, ouço a voz de uma senhorinha, provavelmente em visita, no feriadão, aos gritos, dirigindo-se ao filho querido.
"Ô, Aldair, sabe aquele negão, gordo, que jogava futebol?"
O resto você já pode calcular. Sabedoria popular é tuuuudo nesta vida, não é mesmo, minha gente?

P.S.: Ele nuuuuunca me enganou (assim como o Júnior Sandy). Quem muito desfila com modelos alegóricas pra baixo e pra cima tem alguma coisa de errado. Ninguém é feliz realizando um sonho erótico desses. O que me chocou foi a cocaína. Sim, eu tenho preconceito com drogados. Agora tá explicado o "amarelão" da Copa, né?

2 comentários:

Srta. Bia disse...

hahahaha... Adorei o "ele nunca me enganou". esses jogadores playboys sempre me enganam...rs. E são enganados.
Mas esse ronaldo gate foi meu assunto preferido da semana, há tempo não me divertia tanto.

http://groselha.wordpress.com

Guilherme disse...

dá-lhe brazilian vip people!
aqui eles também dão vexame! hauhauahau