8.4.08

Bem coisa de metrópole mesmo

Consumida por uma TPM que-eu-nunca-tinha-visto igual, estava eu macambúzia perambulando pela internet quando me deparei com uma notícia sobre uma ação realizada por uma uma livraria em São Paulo. A prática se chama bookcrossing e consiste no seguinte: você está num lugar público (um ponto de ônibus, um shopping, uma estação de metrô) e se depara com um livro. Dentro do livro, há uma mensagem pedindo para que a pessoa que o encontrou ler a obra e a deixar novamente num lugar movimentado. E por aí vai. Legal né? Bem coisa de metrópole mesmo. Quem sabe uma hora dessas essa novidade bate na terrinha.

Ah, se você quiser saber mais sobre essa editora vai lá em:
http://www.matrixeditora.com.br/shop_content.php?coID=11

Um comentário:

Guilherme Corrêa disse...

Claro que essa moda positiva e cultural deve demorar muito mais tempo para aterrizar em Shark City do que a moda do fedora de aba levemente arrebitada para algum extremo.