4.9.07

Avalanche do ódio

Sempre quis ser rica. Para comprar bastante, de um tudo. Jeans, bolsas, sapatos, perfumes e make-ups. Presentes pra todos. Salmão no doncamilo dia sim, dia não. Sushi sem data comemorativa. Champã e vinho do bom na geladeira. Às vezes, no entanto, tenho desejos incontroláveis de ser MUITO rica. Para (que minha mãe não leia isso) parar de trabalhar. Porque - e aí vou chover no molhado - já disse isso várias vezes, eu adoro o que faço e já me readaptei a esta cidadezinha provinciana e azul no Sul do mundo. Mas há um problema: não suporto, não consigo aturar o convívio com gente incompetente, burra, limitada, preguiçosa e egoísta.
E se as características acima relatadas designassem apenas UM colega de trabalho, talvez o mundo não fosse um lugar tão amargo. Mas não. São dois. DOIS. Dois débeis mentais, absolutamente retardados, lesados, brutalizados, em permanente estado alterado de consciência, se é que vocês me entendem. E querem me dar ordens. E querem mandar. AHHHHHHHH, céus, como eu queria ser rica, beeeeem rica, pra mandá-los tomar no imundo buraco de seus cus.
E ó, enganem-se quem pensar que eu os odeio. É desprezo em seu mais puro grau. Só não quero ter o desprazer, nos próximos quatro anos de casa nesta boa empresa que me abriga, de ter que compartilhar tarefas com estas duas crias do Cão (não, Germana, não tô falando de ti!).
Digo mais: rehab neles. Urgente. Tenho nojo e preconceito de drug addict. Falei, pronto.

P.S.: dieta pegando fogo em seu segundo dia (tá, há dois meses disse que estava de dieta, mas marido anda tãããão relapso... agora é sério). Aí é só somar fome intensa + TPM brava + retardados no ambiente de trabalho = Cíntia pronta para saltar da janela do sexto andar.

3 comentários:

Mociola, oras bolas !!! disse...

Taís Sutero,
Calma mulher, imagina tudo isso mais uma mistura de inoperância, pois o indíviduo está ao seu lado trabalhando, pois é indicação de vereador f.d.p. e ganha mais que você.
Essa é a minha realidade, não queria ser rica, mais ter uma estriquinina para matar uma centena. Só matando mesmo !! Bjs e te cuida !!

Germana Telles disse...

eita que eu te entendo, companheira..senta aqui...desabafa...

rs.....vai passar...relaxa que na próxima semana tudo isso ficou pra trás...

Beijooooooooosssssssssss

Matheus disse...

Semana que vem tudo isso ficou pra trás, mas tem mais uma semana pela frente...

A vida é cruel, sinto muito