22.8.06

Como é que pessoas tecnicamente bastante inteligentes e articuladas podem ser tão imbecis, preconceituosas e machistas em determinadas ocasiões? Exemplo básico é um rapaz que eu conheço que não admite - e não responde - qualquer pergunta (tolinha, eu confesso) referente a futebol que eu venha a fazer. Muito pelo contrário, além de não se dignar a esclarecer a dúvida, ainda se regozija por debochar sarcasticamente de minha adorável carinha diante de todo mundo, como se fosse muito engraçado alguém ter dúvidas futebolísticas - justamente por NÃO acompanhar futebol. Já convivi com homens mais civilizados "esportivamente" falando... É aquela história, já que dizem por aí que "mulher no volante, perigo constante", então deve ser verdade, e dá-lhe gente idiota escrachando as pobres coitadas quando assumem a direção do bólido. Seguindo a mesma linha de raciocínio, existem os otários que afirmam categoricamente que "mulher não entende de futebol". Vão tomar no cu. Não entendo porque não quero, não tenho interesse, e quando tenho não há um idiota a disposição pra me explicar devidamente. Pois só de ódio mortal vou aprender a dirigir em três meses e provar que até posso não entender de futebol, mas se quiser poderei ganhar o mundo sobre quatro rodinhas. Aí eu quero ver o despeito. Mágoa.

2 comentários:

MárcioM disse...

que perigo! ainda bem que eu não circulo pelas ruas de Shark City!rsrsrs
tô brincando...não precisa xingar...quer dizer, pode sim, daí vc já treina porque vai precisar se quiser encarar o trânsito!hehehe
agora falando sério: qto ao futebol não opino porque eu mesmo não entendo nada...agora qto a dirigir tem umas mulheres que são barbeiras sim...mas tem muito homem que tbém é...então acho que barbeirice não é determinado pelo gene do sexo...

Jura Arruda disse...

Olha, Cíntia, futebol é um esporte como tantos outros, a diferença está na quantidade de apreciadores (aliás, apreciadores são diferentes de torcedores). Eu me enquadro nas duas categorias, mas sou antes um apreciador, e fico triste de saber que um idiota não se dispôs a falar-lhe sobre a grandeza (esportiva e social) do futebol. Quantos homens não queriam uma mulher ao lado na hora que seu time entra em campo? O cara erro e errou feio, não só contra você, mas contra admiradores de futebol e mulheres como eu. Grande beijo. Parabéns pelo espaço.