14.3.08

Bolinha de vidro

A moça, loira, siliconada, dona de uma coluna só sua no jornal - vamos chamá-la aqui de M. - coleciona admiradores. Fãs, dos mais discretos aos mais destacados; dos que se satisfazem com um oi tímido na porta do elevador aos que lhe enviam testemunhos gloriosos e inflamados, no Orkut - sem sequer conhecerem seu nome do meio.


No meio deste turbilhão de fãs, admiradores ferrenhos de seu trabalho e/ou meros "arrozes" de festa, loucos por 15 minutinhos de notoriedade, figura uma criaturinha deveras peculiar. O garoto - ele próprio um arremedo de sua musa-mor - pode ser considerado bastante popular na cidade. Não por ser belo e atlético. Também não por uma inteligência aguçada ou um papo consistente e interessante. Nem por ser rico, grande empresário, empreendedor ou um ex-bbb. Na verdade, é justamente pelo contrário de todas estas características que o moço é conhecido.


Além de suas formas exageradamente rotundas, de suas feições débeis, que denotam certo retardo mental, o rapaz não consegue se conter na presença de indivíduos com pênis - chega mesmo a fazer propostas indecorosas para homens que poderiam ser seu avô (vide seu Álvaro).


Anyway, este moço - vamos chamá-lo de Z.Z. - , após anos (eu disse ANOS) de insistência, conseguiu persuadir a heroína M. a adicioná-lo no bendito Orkut. O que deu origem a todos os seus atuais problemas... se não, vejamos: todos os dias, diversas vezes ao dia, o rapazinho deixa scraps sacarosados pra gata. Mas de uma doçura e uma intimidade nauseantes, do tipo "oi, queLida!", "alô, bonequinha" ou "tenha um bom-dia, garota meiga (!)".

O inferno, no entanto, se deu com os seguintes scraps: "Bom-dia, minha orquídea!". Devo lembrar que eles não são amigos, apenas conhecidos. Seguiu-se, então, o inesperado. Enquanto conferia recados de amigos e leitores, nossa heroína M. deparou-se com a seguinte pérola:

"Oi, BOLINHA DE VIDRO!".
A gente não sabe exatamente o que o rapaz quis dizer: se ele remete à infância, lembrando das nostálgicas e coloridas bolinhas de gude; se ele curte mesmo é um clima de Natal, com seus adereços que ornam pinheirinhos; ou se apenas faz referência aos olhos azuis de sua estrela dourada. Na verdade, tudo o que ele gostaria de ser na vida...

4 comentários:

Anônimo disse...

Eu juroooooooooo que tô tentando descobrir o porquê!!!! Mamy chegou a sugerir que a comparação tenha a ver com minha "incrível meiguice (?)", também extremamente cultuada por ZZ. Sim, bolinhas de vidro são meigas... hahahahahahahahahahahahaha
Só posso finalizar com um comentário! Socorroooooooooooooooooo, interditem a criatura!!!!

guilherme disse...

HUAHAUHAUAHUAHAUHAUA
Putz, to aqui me rachando de rir com tamanha meiguice! esse ZZ é fera mesmo. Fera em atormentar a vida de muitos!!!! (Vários pontos de exclamação vide REDE TV e tv fama).

Germana Telles disse...

PQP!!!!!!!!!! BOLINHA DE VIDROOOOOOOOOOO!!!!!! Ninguém merece!!! hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha

Tô louca pra encontrar com ela...risos....Se um dia eu conseguir olhar pros olhinhos azuis sem dar uma gargalhada....hehehehe

Cíntia T. disse...

Rede TV e TV Fama? E a querida concorrência, esqueceu??????????? Hahahahahaha!
Só pra lembrar a todos os meus queridíssimos comentaristas, sempre muitíssimos bienvenidos, não vou mais permitir postagens anônimas, ok? Claro que ok, somos todos muito corajosos e destemidos, né?